Trabalhando

Trabalhando
Sessão da Câmara Municipal

sexta-feira, 24 de março de 2017

Roteiro de Estudo de História - Ensino Médio 1º ano


Atividades - A História Antes da Escrita



1 – Qual a Importância da teoria do Big Bang para o conhecimento histórico?

R. O físico belga Georges-Henri Lemaître propôs, entre 1927 e 1931, que o universo possuía cerca de 10 e 20 bilhões de anos e teria se originado da explosão de um átomo primogênito ou “ovo cósmico”. Sua teoria ficou conhecida como Big Bang ou a “Grande Explosão”. Essa teoria combinou muito com a teoria EVOLUCIONISTA de Darwin e permitiu aos pesquisadores, apoiados na Arqueologia e na Paleontologia, avançar no conhecimento das origens da humanidade.

Arqueologia: substantivo feminino / ciência que, utilizando processos como coleta e escavação, estuda os costumes e culturas dos povos antigos através do material (fósseis, artefatos, monumentos etc.) que restou da vida desses povos. É uma disciplina dedicada ao estudo sistemático dos restos materiais da vida humana desaparecida. Surgida no século XIX, ela foi, durante muito tempo, classificada como “ciência auxiliar da História”. Com base na Arqueologia tornou-se possível conhecer os primórdios da história da humanidade. É uma disciplina que se ocupa da investigação dos indícios, ou vestígios, de civilizações e culturas passadas. O termo é composto pelos radicais gregos Arkhé, que significa tanto “início/começo” quanto “ordem/organização”, e Logia, que significa, por sua vez, “estudo/ciência”. As investigações arqueológicas têm por objetivo principal fornecer subsídios materiais, com datação temporal precisa, para a reconstrução do passado humano. Por isso essa ciência é tão importante para outras disciplinas, como a história e a antropologia. 

Paleontologia: substantivo feminino / ciência que estuda as formas de vida existentes em períodos geológicos passados, a partir dos seus fósseis. A Paleontologia é uma ciência que estuda os animais e vegetais que viveram no passado, através dos fósseis. A paleontologia busca informações nos fósseis, tais como: idade do fóssil, condições de vida e morte do ser fossilizado, características, influências ambientais, entre outras. Técnicas usadas - Esta ciência dispõe de diversas técnicas e recursos para obter informações importantes sobre o fóssil. Uma das técnicas mais importantes é a do Carbono 14, que identifica com muita precisão a idade do fóssil. Importância - A Paleontologia é muito importante também como ciência auxiliar da Sociologia, Biologia, Arqueologia e História. Estas duas últimas ciências são fornecedoras de informações importantes sobre a vida na Pré-História. A Paleontologia também produz muitos conhecimentos importantes sobre a época e a vida dos Dinossauros. Criação - A Paleontologia foi criada em 1812, pelo naturalista francês George Cuvier, um grande pesquisador de animais extintos.



2 – Defina o termo Pré-história e avalie a sua validade como conceito.

R. O termo Pré-história, denominação do período anterior ao surgimento da escrita, que ocorreu por volta de 4000 a.C., foi adotado para se contrapor ao termo História, que designava o período posterior à escrita. O estudo da Pré-História ainda conta com o apoio de antropólogos, físicos, arqueólogos, biólogos, químicos e paleontólogos. Dessa forma, não há como negar a riqueza de informações desse ramo de conhecimento que trilha as conquistas do homem sobre a natureza. A construção de utensílios, as primeiras habitações, o desenvolvimento da arte rupestre e o domínio da agricultura são alguns dos outros assuntos que integram essa incrível época. Entre as três divisões do período (Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais), se acumula uma vasta e curiosa gama de informações históricas. Hoje, para os historiadores, outras fontes, como as imagens ou os relatos orais, são tão importantes quanto a escrita no processo de resgate da história de um povo ou uma sociedade. De qualquer maneira, para delimitar os períodos, o advento da escrita passou a marcar o início da história. Portanto, as sociedades que não dominavam essa técnica ficaram conhecidas como pré-históricas e aquelas que sabiam ler e escrever passaram a ser chamadas de sociedades históricas. O que vale para os grupos humanos que ainda hoje não fazem uso da escrita deve valer também para os mais antigos ancestrais da humanidade. Todos eles pertencem à história.

Antropologia: substantivo feminino / ciência do homem no sentido mais lato, que engloba origens, evolução, desenvolvimentos físico, material e cultural, fisiologia, psicologia, características raciais, costumes sociais, crenças, etc. É uma ciência que se dedica ao estudo aprofundado do ser humano. É um termo de origem grega, formado por “anthropos” (homem, ser humano) e “logos” (conhecimento). A reflexão sobre as sociedades, o homem e o seu comportamento social é conhecida desde a Antiguidade Clássica pelo pensamento de grandes filósofos. Em destaque há o grego Heródoto, considerado o pai da História e da Antropologia.

3 – Qual a importância do carbono 14 para a pesquisa arqueológica?

R. A Arqueologia beneficiou-se imensamente do processo químico de radiometria carbono 14, um radioisótopo de carbono. O conceito de Carbono-14 pode ser trabalhado durante a introdução da disciplina de Química Orgânica. O Carbono é um dos elementos mais importantes e está presente em toda parte: nos alimentos que ingerimos, nas roupas que vestimos (polímeros nylon), e até faz parte de nossa estrutura corpórea. O carbono está presente na porcentagem de 60 % em massa do organismo humano, como também em todos os seres vivos. A descoberta da utilização do Carbono-14 para desvendar os mistérios de achados arqueológicos foi de extrema importância para a datação de fósseis.

4 – Cite os dois grandes gêneros dentro da família dos hominídeos.

R. O Australopithecus, mais antigo, e o Homo, mais recente. Algumas espécies do gênero Homo são: Homo habilis, Homo erectus, Homo neanderthalensis e Homo sapiens.

5 – Em que região do planeta foi descoberta a primeira evidência arqueológica de hominídeos?

R. Evidências concretas do Australopithecus foram descobertas no sítio arqueológico de Laetoli, atual Tanzânia, na África, em 1934. Acredita-se que ele tenha surgido nos últimos 4 milhões de anos, no período conhecido como Era Terciária.

6 – Qual impacto da última glaciação para o surgimento da humanidade?

R. No Longo Processo Geológico de formação da Terra, ocorreram quatro períodos de resfriamento, conhecidos como glaciações, tempo em que as temperaturas atingiram graus baixíssimos, formando geleiras que dificultavam a vida humana e animal. Presume-se que a primeira glaciação tenha ocorrido há 2 milhões de anos e a última há cerca de 150 mil anos. O fenômeno das glaciações chegou a ameaçar a sobrevivência do gênero humano. Na primeira glaciação, sobreviveram poucos animais e alguns répteis. Foi o fim do AUSTRALOPITHECUS. A última glaciação, conhecida como Glaciação Würm ou Winsconsin, não atingiu totalmente a espécie humana. Com a última glaciação, aproximadamente, ocorreram profundas alterações climáticas e ambientais que estimularam a intensa migração de animais e seres humanos, levando os homens primitivos a ocupar, ainda que de maneira esparsa, as diversas regiões do globo: da África à Europa, da Ásia à América e à Austrália.

7 – Por que a Era Paleolítica no processo de hominização é vulgarmente conhecida como a idade da Pedra Lascada?

R. Isso porque, o Homo erectus, no Paleolítico, encerrada em 10000 a.C., fazia instrumentos de pedra com duas faces trabalhadas e artefatos com lascas.

8 – Explique a importância da chamada revolução neolítica no processo de evolução da humanidade.

R. Período Neolítico (9000 a 6000 a.C.) ou Idade da Pedra Polida já pertencente à era do Homo sapiens. O ser humano se tornara capaz de aprimorar suas habilidades por meio das mãos. Apareceram os instrumentos de pedra de dimensões muito reduzidas (os micrólitos: são ferramentas líticas (pedras) de tamanho extremamente pequeno, talhados intencionalmente pelo ser humano, sobretudo durante a Pré-História; têm a suficiente elaboração para não serem considerados nem resíduos nem acidentes de talhe, sendo relacionados com armas de caça, pois formavam parte da ponta de dardos). Surgiram também o arco e flecha e as primeiras embarcações. Surgiram a cerâmica, a tecelagem, o polimento da pedra na sua forma mais acabada e a agricultura; e apareceram as primeiras comunidades sedentárias.

9 – Indique a fase considerada inaugural da metalurgia da chamada Idade dos Metais.

R. A idade dos metais, como o próprio nome diz, é marcado pela dominação dos metais por parte das primeiras sociedades da pré-história, sendo este fato de fundamental importância para o cultivo agrícola, e também a prática de caças. O primeiro tipo de metal utilizado foi o cobre... A idade dos metais, como o próprio nome diz, é marcado pela dominação dos metais por parte das primeiras sociedades da pré-historia, sendo este fato de fundamental importância para o cultivo agrícola, e também a prática de caças. O primeiro tipo de metal utilizado foi o cobre. Logo depois encontramos a utilização do estanho na fabricação de outros tipos de armas e utensílios. E, por volta de 3000 a .C, com a junção desses dois metais (cobre e estanho) tivemos o aparecimento do Bronze. O ferro só apareceria num futuro longínquo, cerca de 1.500 a .C e tal lentidão de propagação se deu pelo fato de sua manipulação ser de difícil aprendizado.

10 – Qual tipo de registro arqueológico exprime as primeiras manifestações artísticas dos grupos humanos?

R. arte rupestre o conjunto de figuras encontradas em paredes de cavernas e outros abrigos (...).

11 – Conceitue hominídeos.

R. A Formação do gênero humano é o resultado de um processo muito longo que começa com o surgimento dos primeiros hominídeos (conhecidos como primeiros primatas) e se estende até a formação de nossa espécie: o Homo sapiens.


História 1 / Ronaldo Vainfas e outros (et. al.). - 2 ed. - São Paulo: Saraiva. 2013 páginas 10 a 16.

domingo, 12 de março de 2017

Misses de 1955 a 2016


Miss Paraná 2013



Maringaense embarca para o Miss Brasil

          Isis Stocco Machado, atual representante da beleza feminina do Estado do Paraná, embarca dia 11 de setembro para Minas Gerais, estado que sedia o tradicional concurso Miss Brasil. A bela Miss se une ao grupo de candidatas que representa os estados dessa nação e o Distrito Federal.


          Ela e as demais participantes (27 no total) cumprem agenda oficial nos seis primeiros dias em Araxá. Depois de passarem dias memoráveis na “terra” de Dona Beja seguem para a capital mineira - Belo Horizonte, onde permanecem até a data do concurso.

No dia 28 de setembro – no Minas centro, será escolhida a Miss Brasil 2013 – representante do país no Miss Universo. O concurso será transmitido ao vivo pela BAND – responsável pelo concurso nacional.

          Para melhor compreender o principal concurso do país:

MISS UNIVERSO: é a mais importante competição de beleza feminina, realizada anualmente e promovida pela Miss Universe Organization, de Donald Trump. A primeira edição aconteceu em 1952: venceu Armi Kuusela, da Finlândia. O Brasil venceu duas vezes o Miss Universo: Ieda Maria Vargas (1963) e Martha Vasconcellos (1968).

          MISS BRASIL: é realizado desde 1954 – ano que a baiana Martha Rocha conquistou o título.

          MISS PARANÁ: a primeira representante do Estado a participar do Miss Brasil foi Wilma Sozzi, em 1955. Três únicas paranaenses venceram o título nacional: Ângela Teresa Vasconcelos (1964); Maria Carolina Portella Otto (1992) e Maria Joana Parizotto (1996).

          A BMW Eventos é a única empresa no estado credenciada ao Miss Brasil. A empresa foi responsável seguintes eleições: 2004 - Grazzi Massafera (Barra do Jacaré) – em parceria com Paulo Colnaghi; 2005 - Patrícia Reginato (Medianeira) – em parceria com Paulo Colnaghi; 2007 - Vivian Noronha Cia (Umuarama); 2008 - Bronie Cordeiro Alteiro (Umuarama); 2009 - Karine Martins de Souza (Cascavel); 2010 - Marylia Bernardt (São Miguel do Iguaçu); 2011 - Gabriela Cristina Pereira (Umuarama); 2012 Alessandra Bernardi (Palotina) e 2013 - Isis Stocco Machado (Maringá).


Serviço:

BMW Eventos: Maringá (44) 3025 4545
Pesquisa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Miss_Paraná
BLOG: www.missparana.blogspot.com.br
Sites oficiais: www.missbrasiloficial.com.br
www.missparanaoficial.com.br


          30 candidatas participaram do concurso Miss Paraná 2013, no Clube Concórdia, Curitiba/PR. Em 18 de junho 2013, foi escolhida a representante paranaense para o concurso nacional e posteriormente, caso seja eleita Miss Brasil, a concorrer ao Miss Universo. 

Miss Paraná 2013
Data: 18 de Junho de 2013
Apresentadores: Roberta Canetti
Atrações Musicais: Bruna Liz
Local: Auditório Potty LazzarottoCuritiba,PR
Emissora: Band Paraná
Candidatas: 30 (Final)
58 (Seletiva)
Vencedora: Isis Stocco
Representou:  Maringá
ColocaçãoMunicípio
Miss Paraná
2º. Lugar
3º. Lugar
Finalistas
(TOP 13)
Semifinalistas
PremiaçãoMunicípio
Miss Simpatia








Miss Nova Londrina 2013


Conheça Milena Paula Pilegi – 18 anos – 1,70m,
representante de NOVA LONDRINA no Miss Paraná 2013
- http://www.youtube.com/watch?v=ywFepNLl0_M



NOVA LONDRINA - www.youtube.com


23/05/2013 - PARANAVAÍ - no Miss Paraná 2013
PAOLA VICTORIA DORNELLES SLAVIERO: 20 anos – 1,70m

Prefeito: Rogério LorenzettiFundação: 14 de dezembro de 1952
Distância até a capital: 504 km
População: 81 595 hab.
www.prefeituraparanavai.com.b


 

Enquanto os olhos se voltam para a Copa das Confederações e o Campeonato Brasileiro tem uma pausa no calendário, o Couto Pereira recebeu, neste domingo (16), beldades da beleza paranaense. As 30 misses do estado visitaram o estádio do Coxa e vestiram a camisa alviverde. 

Por conta da chuva que insistia em cair na capital paranaense, a visita se limitou ao Memorial do clube, onde as modelos puderam conhecer um pouco mais da história do maior do Paraná. “É uma história, uma cultura e uma tradição do nosso estado e toda Miss tem que saber suas raízes e suas culturas. Ela tem que ser eclética, tem que saber de tudo um pouco e tem que saber do seu estado”, afirmou a organizadora do concurso, Elaine Barrionuevo. Assim, as cores do Coritiba mostraram sua força na narrativa estadual e puderam estar em contato com a história do esporte regional. 

Futebol e beleza

A visita ao Alto da Glória trouxe dois universos diferentes ao estádio. Além de aliar a beleza das misses com o esporte, de um lado alumas das meninas ainda não tinham tido o contato direto com o futebol e conheceram um pouco mais sobre a modalidade esportiva. E do outro, estavam as que já conheciam e levavam o amor coxa-branca no peito juntamente às faixas de misses. 


Krystin Engel Schwartz, representante de Rio Branco do Sul, é uma das coritibanas de coração. De família alviverde e com influência de seu pai, a Miss falou um pouco do amor ao Coxa e também da importância de levar consigo o orgulho de torcer por um time paranaense. “Eu desde pequena torço, venho para os jogos, venho para o estádio, sei dos jogadores, acompanho tudo. Agora o Coritiba está na primeira colocação, eu acompanho todos os jogos e sempre que possível eu venho ao estádio também. Tem muitos torcedores aqui do Paraná que não torcem por times do nosso estado. Eu acho isso muito prejudicial para o nosso futebol, porque acaba não valorizando”, afirmou lembrando da importância do clube na cultura paranaense como um todo. “É uma cultura do seu estado que você traz para si e isso é muito importante”, complementou. 

Uma tradição importante que Milena Paula Pilegi, Miss Nova Londrina, fez questão de destacar. “Para a nossa cultura o contato que a gente tem com o futebol é pouco. E é bacana estar sabendo mais sobre a cultura do Paraná que o Coritiba representa”, declarou sabendo da importância e influência do futebol em todo o território, não só nacional, mas regional. 

Enquanto isso, entre um ajuste e outro para as fotos e filmagens, algumas meninas se perguntavam quem era o rapaz da foto. O craque Alex logo foi lembrado por uma das misses que logo disse: “Ele foi para a Seleção inclusive!”. O futebol do Coritiba mostrando a sua força, sendo reconhecido por todos. Isis Stocco Machado, Miss Maringá, confessou que não acompanha muito o esporte, mas que sempre está de olho na camisa verde amarela. “Quando tem jogo da Seleção eu sempre acompanho”, afirmou. 

Agenda agitada

As 30 misses que estiveram no Couto Pereira foram escolhidas entre 58 candidatas na primeira seletiva do concurso, em Maringá. Agora, já na capital paranaense, elas cumprem uma agenda intensa com passeios, ensaios e encontros com autoridades até o dia 18, quando a representante do Paraná no Miss Brasil deve ser escolhida pelos jurados.

CANDIDATAS 2013 - FINALISTAS

ARAUCÁRIA – Laís Follador – 22 anos

CAMBÉ – Lariane Rodrigues Salomão – 21 anos

 CAMPO LARGO – Mayara Néres Soberano – 19 anos 

CAMPO MOURÃO – Alessandra Elvira Gomes de Souza – 22 anos 

CIANORTE - Cristiane Pinzan - 22 anos

CORONEL VIVIDA – Adriely dos Santos – 23 anos – 1,72m 


CURITIBA – Thayana Fernanda de Mendes Hey – 22 anos – 1,68m

FAZENDA RIO GRANDE – Aldrey Elaine Rufino da Silva – 22 anos – 1,77m 

FRANCISCO BELTRÃO – Daniela Aparecida Cachoeira – 20 anos – 1,77m 

GUAÍRA – Joice de Andrade – 21 anos – 1,75m 

ITAIPULÂNDIA – Juli Marina Pedroni – 18 anos – 1,85m

JACAREZINHO – Najara Alves Lúcio – 24 anos – 1,83m 

LONDRINA – Rafaela de Almeida Lopes – 18 anos – 1,75m

MANDAGUARI – Maria Clara Yednak Peloso – 18 anos – 1,75m 

MARINGÁ – Isis Stocco Machado – 21 anos – 1,74m

MATINHOS – Suelen Priscila Ávilla da Silva – 20 anos – 1,77m

MEDIANEIRA – Bianca Grando Giordani – 20 anos – 1,79m 

NOVA LONDRINA – Milena Paula Pilegi – 18 anos – 1,70m 

PAIÇANDU – Bruna Caroline Gasparin – 23 anos – 1,71m

PALOTINA – Karim Cristhine Pase – 19 anos – 1,83m 

PARANAGUÁ – Angélica Rocha Moronhe – 19 anos – 1,64m


PARANAVAÍ – Paola Victoria Dornelles Slaviero – 20 anos – 1,70m


PARAÍSO DO NORTE – Bruna Silva Mariano – 21 anos – 1,76m 

PATO BRANCO – Laura Mozzatto Chaves – 19 anos – 1,74m

PINHAIS – Paloma Filippsen Ribeiro – 19 anos – 1,70m


RIO BRANCO DO SUL – Krystin Engel Schwartz – 22 anos – 1,82m

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS – Alessandra Rafaela Reginato – 25 anos – 1,76m

SÃO MIGUEL DO IGUAÇU – Karina Romanha – 19 anos – 1,73m

TOLEDO – Thaísa Gabriela Veiga – 20 anos – 1,69m

UMUARAMA – Ana Paula Silva – 24 anos – 1,78m



Misses de 1955 a 2013


- Miss Paraná 1955 - Wilma Sozzi;
- Miss Paraná 1956 - Yvone Lour (Curitiba);
- Miss Paraná 1957 - Karin Japp, 5º lugar no Miss Brasil (Curitiba);
- Miss Paraná 1958 - Ana Maria Felício de Paiva (Londrina);
- Miss Paraná 1959 - Shirley Tempeski (Curitiba);
- Miss Paraná 1960 - Maurina Kassemache (Curitiba);
- Miss Paraná 1961 - Maria José do Nascimento (Curitiba);
- Miss Paraná 1962 - Ana Maria Ribeiro Gonçalves (Londrina);
- Miss Paraná 1963 - Tânia Mara Franco, 2º lugar no Miss Brasil (Guarapuava);
- Miss Paraná 1964 - Ângela Teresa Pereira Reis Vasconcelos, MISS BRASIL (Curitiba);
- Miss Paraná 1965 - Rosemary Raduhí (Apucarana);
- Miss Paraná 1966 - Miriam Marçal (Califórnia);
- Miss Paraná 1967 - Wilza de Oliveira Rainato, 2º lugar no Miss Brasil (Jandaia do Sul);
- Miss Paraná 1968 - Delzi Captan (Curitiba);
- Miss Paraná 1969 - Marly Sauerzapf Simon (Castro);
- Miss Paraná 1970 - Maria Regina Corzânego (Cornélio Procópio);
- Miss Paraná 1971 - Marize Meyer Costa, 3º lugar no Miss Brasil (Ibaiti);
- Miss Paraná 1972 - Maria Dolores Peres Bordin (Paranavaí);
- Miss Paraná 1973 - Adla Maria Ferreira Nagli (Curitiba);
- Miss Paraná 1974 - Cilmara Maria Camargo, 5º lugar no Miss Brasil (Cascavel);
- Miss Paraná 1975 - Maria Aparecida Alves de Oliveira (Sertaneja);
- Miss Paraná 1976 - Cláudia Azzolini Chueri, 5º lugar no Miss Brasil (Cornélio Procópio);
- Miss Paraná 1977 -  Débora de Almeida Rosa (Paranaguá);
- Miss Paraná 1978 - Suzy Mara Samways (União da Vitória);
- Miss Paraná 1979 - Marize Quirino de Souza (Antonina);
- Miss Paraná 1980 - Soraya de Souza Costa (Curitiba);
- Miss Paraná 1981 - Mônica Januzzi (Londrina);
- Miss Paraná 1982 - Ronimar Machado Mendes (Curitiba);
- Miss Paraná 1983 - Salete Roseli Mendes (Curitiba);
- Miss Paraná 1984 - Marizabel do Rocio Domingues, 4º lugar no Miss Brasil (Paranaguá);
- Miss Paraná 1985 - Scarlet Rodrigues;
- Miss Paraná 1986 - Elisa Gisely Kasminseki Santos;
- Miss Paraná 1987 - Sara Maria Lau de Souza Rolin;
- Miss Paraná 1988 - Karla Cristina Kwiatkowski (Curitiba);
- Miss Paraná 1989 - Sonali Patrícia Lopes de Souza;
- Miss Paraná 1992 - Maria Carolina Portella Otto, MISS BRASIL (Curitiba);
- Miss Paraná 1994 - Tatiana Ceratti (Curitiba);
- Miss Paraná 1995 - Marilici Perazolli (Manoel Ribas);
- Miss Paraná 1996 - Maria Joana Parizotto, MISS BRASIL (Francisco Beltrão);
- Miss Paraná 1997 - Cris Tomaszeck (Curitiba);
 - Miss Paraná 1998 - Jaqueline Clarissa Amâncio (Campina Grande do Sul);
- Miss Paraná 1999 - Marken Maria Valerius (Medianeira);
- Miss Paraná 2000 - Fernanda Letícia Schirr (Francisco Beltrão);
- Miss Paraná 2001 - Ticiana Milanese Franco (Maringá);
- Miss Paraná 2002 - Keli Kaniak, 4º lugar no Miss Brasil (Curitiba);
- Miss Paraná 2003 - Elaine Lopes da Silva (Umuarama) in memorian;
- Miss Paraná 2004 - Grazielli de Souza Massafera, 3º lugar  no Miss Brasil (Barra do Jacaré);
- Miss Paraná 2005 - Patrícia Reginato, 2º lugar no Miss Brasil (Medianeira);
- Miss Paraná 2006 - Daiane Hermelinda Carvalho Zancheti (Francisco Beltrão);
- Miss Paraná 2007 - Vivian Noronha Cia, 3º lugar no Miss Brasil (Umuarama);
- Miss Paraná 2008 - Bronie Cordeiro Alteiro (Umuarama);
- Miss Paraná 2009 - Karine Martins de Souza (Cascavel);
- Miss Paraná 2010 - Marylia Bernardt, 3º lugar no Miss Brasil (São Miguel do Iguaçu);
- Miss Paraná 2011 - Gabriela Cristina Pereira (Umuarama);
- Miss Paraná 2012 - Alessandra Bernardi (Palotina);
- Miss Paraná 2013 - Isis Stocco Machado (Maringá), ficou entre as cinco no Miss Brasil.

1957 - Karin Japp - 5º lugar no Miss Brasil


1961 - Maria José do Nascimento


1964 - Angela Vasconcelos - Miss Brasil



Marize Meyer Costa - Miss Paraná 1971

Marize ficou com a terceira colocação no Miss Brasil, atrás de Eliane Parreira, 5º lugar no Miss Universo e de Lúcia Petterle, eleita Miss Mundo naquele ano. À Marize caberia o título de Miss Brasil Internacional se não fosse por um motivo: o concurso que elegeria a Miss Beleza Internacional de 1971 já tinha sido realizado no primeiro semestre e quem concorreu nesse concurso foi uma das finalistas do Miss Brasil de 1970.

Neste grupo as 8 semifinalistas do tradicional concurso Miss Brasil realizado em 1965, está a Paranaense: 
Rosemary RaduhyApucaranaSemifinalista (Top 08)


1968 - Delzi Captan


1973 - Adla Maria Ferreira Nagle


1988 - Karla Cristina Kwiatkowski


1992 - Maria Carolina Portella Otto - Miss Brasil


1994 - Tatiana Ceratti


1997 - Cris Tomaszeck


2002 - Keli Kaniak - 4º lugar no Miss Brasil e 
Miss Mesoamericana


          Abaixo há uma tabela significativa mostrando a performance das paranaenses no concurso Miss Brasil.

PosiçãoPerformance
Miss Brasil03
2º. Lugar03
3º. Lugar05
4º. Lugar01
5º. Lugar03
Semifinalista19

Premiações Especiais[editar]

  • Miss Simpatia: Anna Felício (1958), Elisa Kkasminseki (1986) e Karla Kwiatkowski (1988)
  • Miss Fotogenia: Tânia Maria Franco (1963), Janayna Chaves (1995) e Maria Joana Parizotto (1996)

Vencedoras[editar]

AnoVencedorasCidadeColocaçãoMiss Universo
2013Isis Stocco MachadoMaringáTBD
2012Alessandra BernardiPalotina
2011Gabriela Cristina PereiraUmuaramaSemifinalista (Top 15)
2010Marylia Bernardt LilahSão Miguel do Iguaçu3º. Lugar
2009Karine Martins de SouzaCascavelSemifinalista (Top 10)
2008Bronie Cordeiro AlteiroUmuaramaSemifinalista (Top 10)
2007Vivian Noronha CiaUmuarama3º. Lugar
2006Daiane HermelindaFrancisco Beltrão
2005Patrícia ReginatoMedianeira2º. Lugar
2004Grazielli MassaferaBarra do Jacaré3º. Lugar
2003Elaine Lopes da SilvaUmuaramaSemifinalista (Top 10)
2002Keli Kaniak de OliveiraCuritiba3º. Lugar
2001Ticiana Milanese FrancoMaringáSemifinalista (Top 10)
2000Fernanda Letícia SchirrFrancisco BeltrãoSemifinalista (Top 11)
1999Marken Maria ValériusMedianeiraSemifinalista (Top 10)
1998Jaqueline AmâncioCampina Grande do SulSemifinalista (Top 12)
1997Cris ThomaszeckCuritibaSemifinalista (Top 12)
1996Maria Joana ParizottoFrancisco BeltrãoMISS BRASIL 1996(Não obteve classificação)
1995Marilici PerazolliManoel Ribas
1994Tatiana Ceratti
1992Maria Carolina OttoCuritibaMISS BRASIL 1992(Não obteve classificação)
1989Patrícia Lopes de Souza
1988Karla Cristina KwiatkowskiCuritibaSemifinalista (Top 12)
1987Sara Maria Lau de SouzaSemifinalista (Top 12)
1986Elisa Gizely KasminsekiSemifinalista (Top 12)
1985Scarleth Rodrigues
1984Marizabel do RoccioParanaguá4º. Lugar
1983Salete Roseli MendesCuritiba
1982Ronimar MachadoCuritibaSemifinalista (Top 12)
1981Mônica JanuzziLondrina
1980Soraya de Souza CostaCuritiba
1979Marize Quirino de SouzaAntonina
1978Suzy Mara SamwaysUnião da VitóriaSemifinalista (Top 10)
1977Débora Almeida RosaParanaguáSemifinalista (Top 08)
1976Cláudia Azzolini ChueiriCornélio Procópio5º. Lugar
1975Maria Alves de OliveiraSertanejaSemifinalista (Top 08)
1974Cilmara Maria CamargoCascavel5º. Lugar
1973Ada Maria Ferreira NagliCuritiba
1972Maria Dolores BordinParanavaí
1971Marise Meyer da CostaIbaiti3º. Lugar
1970Maria Regina CorzânegoCornélio ProcópioSemifinalista (Top 08)
1969Marli Sauerzapf SimonCastro
1968Delzi CaptanCuritibaSemifinalista (Top 08)
1967Wilza RainatoJandaia do Sul2º. Lugar
1966Miriam MarçalCalifórnia
1965Rosemary RaduhyApucaranaSemifinalista (Top 08)
1964Ângela Pereira VasconcelosCuritibaMISS BRASIL 1964Semifinalista (Top 15)
1963Tânia Mara Franco de SouzaGuarapuava2º. Lugar
1962Ana Maria Ribeiro GonçalvesLondrina
1961Maria José do NascimentoCuritiba
1960Maurina KassemacheCuritiba
1959Shirley TempskiCuritiba
1958Anna FelícioLondrina
1957Karin JappCuritiba5º. Lugar
1956Ivony LourCuritiba
1955Wilma Sozzi


Misses Brasil





A candidata de Mato Grosso, Jakelyne de Oliveira, de 20 anos, foi escolhida a Miss Brasil 2013 na noite deste sábado (28), em Belo Horizonte. Ela ganhou um vestido de gala e um carro zero km. Em novembro, a nova Miss Brasil vai representar o país no Miss Universo, que acontecerá em Moscou.